quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Participação da equipa (Arrouquelas)

Representação a cargo de:
40km - Vítor Guerra

No dia 29 de outubro realizou-se o VII passeio da ROTA DA ÁGUA em Arrouquelas, Rio Maior. Sem grandes filas para levantar o dorsal, visto ter um número reduzido de participantes, dos quais muitos deles se inscreveram no próprio dia.

A prova teve inicio à hora marcada, com todos os bttistas a saírem juntos, os dos 40km e os dos 60km.



A prova foi bastante rolante, com algum alcatrão inicialmente.


A admirar as belas paisagens Ribatejanas.


A prova teve somente 2 subidas de maior dificuldade, sendo a primeira antes do reforço para abrir o apetite.


Nesta prova e sem a pressão do João Guerra, consegui desfrutar do reforço, que tinha uns folhados de chocolate espetaculares.

Aqui, só o Almeida é que me vence!


A parte final brindou-nos com um trilho excelente.



Todo o percurso esteve bem marcado, tanto no chão como a nível de fitas.


Alguns obstáculos artificiais no decorrer da prova.





Na chegada, acho que podíamos ter tido um abastecimento sólido, visto só haver umas bebidas que nos foram oferecidas pela Herbalife. Do almoço não posso opinar, porque não pude ficar para essa parte.

O balanço foi positivo,a repetir para o ano.

Classificação Meia Maratona
01.º - 01:31:35 - Sérgio Silva (Asfic/Dinazoo)
02.º - 01:34:00 - João Oliveira (individual)
03.º - 01:34:09 - Mário Brás (KopoFunyl Team)
36.º - 01:58:10 - Vítor Guerra (Clube de BTT Zona 55)
73.º - 03:38:00 - Último

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS


Créditos à reportagem
Texto: Vítor Guerra
Fotos: Organização

terça-feira, 21 de novembro de 2017


Chegada a época natalícia, mais um ano e mais uma vez o nosso Clube organiza um jantar de Natal para todos os sócios e suas/nossas  famílias.

Assim, aqui deixamos o convite a todos os sócios e família, para nos juntarmos num jantar de Natal, pelo que aguardamos confirmação até ao dia 03DEZ, exclusivamente por via email, ou telefone.

Confirmação: número de pessoas e idades das crianças

Local: Restaurante Nersant - Torres Novas

Dia: 07 de Dezembro de 2017

Hora: 20H00


À semelhança dos anos anteriores, o valor a pagar por pessoa è assegurado em 50% pelo Clube.

EMENTA 

Entradas: Queijo, presunto, mexilhão, salada de grão, feijão frade, cenoura com vinagrete, pasteis de bacalhau, rissóis, entremeada de coentrada e enchidos.

Sopa

Prato Carne: Vitela no forno com batata brava e salada
Prato de Peixe: Bacalhau gratinado com gambas e salada mista

Sobremesa: fruta e doce

Bebidas: água, vinho (branco e tinto), sumos, cerveja, café e digestivo


Presenças confirmadas

João Valério e Sofia Lopes
Rui Almeida, Ana e Hugo 
Nuno Santos e Cristina
Carlos António, Sandra e Inês
Samuel Nabiça e Raquel 
...

domingo, 22 de outubro de 2017

Participação da equipa (Mação)

Representação a cargo de:
60km - João Valério
30km - José Silva, Samuel Nabiça

 O Clube de BTT Zona 55 voltou mais uma vez ao Mação para a 4.ª edição da sua já famosa Maratona D'Arrota a Presunto, este ano e pela 1.ª vez a contar para o Troféu BTT Ribatejo Norte, onde participaram cerca de 250 bêtetistas.

O Samuel não resistiu e aproveitou para provar o tão saboroso e tradicional presunto da região que dá nome a este evento que, na minha opinião, possui a Maratona btt mais "dura" do Ribatejo e tem das melhores paisagens, apesar de este ano esta região ter sido bastante afetada por duas vagas de incêndios que deixaram muitas áreas queimadas, o que obrigou a Organização (São Miguel Bike) a optar por locais e percursos um pouco diferentes dos que já nos habituaram.


Este ano estivemos representados com 3 elementos. O José Silva iria tentar o pleno de vitórias na distância meia maratona do Troféu, para ganhar a sua categoria. Quanto ao Samuel e eu, fomos simplesmente para desfrutar dos trilhos e da paisagem, com uma boa dose de sofrimento.

A partida atrasou uns minutos, mas nada demais. Já o local para a partida foi um pouco mal conseguido, pois parecíamos sardinha enlatada, não nos permitindo sair "à larga". 


Este era o "pente" que nos esperava na Maratona: 60km com 1500 metros de acumulado positivo ao contrário dos 1380 anunciados. Aqui o track gps para mais pormenores.

O percurso da Meia Maratona também não era meigo, tinha cerca de 800 metros de acumulado positivo em apenas 30km de extensão. Poderão aceder ao track clicando aqui.

Os primeiros quilómetros foram intensos e em red line, com subidas dignas do nome que rapidamente trataram de destroçar o longo pelotão.


O José Silva depressa se colocou lá na frente para defender a posição face aos diretos adversários. O Samuel e eu ficámos um pouco para trás e, devido à exigência inicial, o Samuel desde logo "rebentou o motor" e optou por seguir para a distância menor por forma a completar todo o percurso sem estragar mais peças...


A primeira zona de abastecimento apareceu após uma longa e inclinada subida às eólicas da Serra do Bando num fantástico parque de merendas, onde nada faltava, nem sequer o tintol para acompanhar umas fatias de presunto.

Ao longo de ambos os percursos tivemos a oportunidade de passar algumas zonas de água e diversos zonas a exigir bom domínio de técnica.


Um outro ponto alto, no verdadeiro sentido da palavra, foi a subida até perto do cruzeiro da povoação da Amêndoa, onde o mais complicado foi mesmo o contornar das muitas pessoas que se concentravam junto à igreja local, onde as marcações escasseavam e nos víamos um pouco baralhados sobre qual o caminho certo a seguir.


Com o passar dos quilómetros e a dureza da altimetria, o Samuel e eu fomos afetados e atrasados por fortes ataques de cambras, sorte o piso estar impecável devido às escassas chuvas que haviam caído nos últimos dias, apesar disso o dia esteve solarengo e fantástico para a prática de btt.


Já a escassos quilómetros do final deparámos-nos com uma excelente zona-espetáculo um bocado técnica, composta de paletes e piso submerso de água a exigir bastante concentração e destreza.


O último abastecimento estava a apenas 5km do final, já novamente em percurso comum para as duas distâncias, com passagem junto de um cruzeiro com vista desimpedida para o Mação, local este bastante rochoso e todo ele em single track numa altura em que as forças já eram poucas para a maioria dos participantes.



O José Silva acelerou para o 2.º lugar do pódio na categoria Vet. C, tendo assim cimentado a sua posição no Troféu BTT Ribatejo Norte e alcançado a tão desejada vitória por pontos.


O Samuel Nabiça a esclarecer a Organização da sua alteração ao percurso para o qual se havia inscrito (60km), tendo por isso sido excluído da classificação final dos 30km, não sendo publicado o seu tempo de prova. 


Encontrámos neste domingo muito pessoal conhecido, vindos um pouco de todo o país, onde aqueles que pela primeira vez participaram ficaram rendidos aos trilhos, percursos e paisagens. 

O pódio Vet. C da Meia Maratona, onde o José Silva subiu ao 2.º lugar. Infelizmente, este foi também o último evento em que o J. Silva representou o Clube de BTT Zona 55, estando de malas feitas para outra Associação onde terá mais apoios para os seus objetivos competitivos na próxima época. Desde já lhe desejamos a melhor sorte e lhe agradecemos as prestações que almejou em representação do nosso Clube, tendo selado da melhor forma possível o abandono da equipa.

Após o retemperador banho, fomos até ao local de almoço que se localizou um pouco afastado do centro do Mação. As longas mesas permitiram dar despacho a todos os convivas que decidiram almoçar, onde não faltou o belo presunto para aperitivo e/ou digestivo num almoço composto de grelhados bastante bem confecionados.

Tendo sido esta a 6.ª e última prova a contar para o Troféu BTT Ribatejo Norte, desde já faço o balanço da edição 2017, no que aos elementos do Clube de BTT Zona 55 diz respeito, em particular ao José Silva, pois foi o nosso único a participar neste Troféu com o objetivo claro de vencer na sua categoria e escalão, o que de facto veio a suceder e ao qual parabenizamos e agradecemos haver representado o nosso Clube de forma tão grandiosa e profissional.


Resumo das provas disputadas pelo:
José SILVA (Clube de BTT Zona 55) - Distância SPRINT - Escalão Veteranos C (+50 anos)
1.ª Prova - 10.ª Edição BTT Almourol à Vista: 1.º Classificado = 100 pontos
2.ª Prova - 4.ª Rota dos Falcões BTT: 3.º Classificado = 80 pontos (não pontuável)
3.ª Prova - Maratona BTT Serra D'Aire: 1.º Classificado = 100 pontos
5.ª Prova - 8.ª Maratona No Trilho do Lobo: 1.º Classificado = 100 pontos
6.ª Prova - 4.ª Maratona BTT D'Arrota a Presunto: 2.º Classificado = 90 pontos.


CLASSIFICAÇÃO
001.º - 01:29:41 - Fábio Silva (Roda Livre Cartaxo Team/FindMore Consulting)
002.º - 01:30:52 - Dário Pereira (Ribabike/RProjeto)
003.º - 01:30:54 - André Pereira (Ultra Pedal)
025.º - 01:45:51 - José Silva (Clube de BTT Zona 55) - 2.º Vet. C
168.º - 04:02:48 - Último


01.º - 02:48:23 - António Marques (Transfor/Fátima BTT)
02.º - 02:48:52 - César Piedade (Ofimoto/Rvirtual)
03.º - 02:52:29 - Paulo Santos (Róódinhas/Santos Silva)
57.º - 04:14:22 - João Valério (Clube de BTT Zona 55)
72.º - 05:50:10 - Último

DSC - Samuel Nabiça (Clube de BTT Zona 55) - Realizou a Meia Maratona.


ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS
Rescaldo em vídeo

Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: Jorge Rabaça, Miguel Ramos, Urbina Varela.
Vídeo: Modo Vision

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...