domingo, 6 de outubro de 2013

Participação da equipa (Benfica do Ribatejo)


Um evento, Organizado pela Secção Desportiva do Rancho Folclórico de Benfica do Ribatejo, com o intuito de Homenagear um grande ciclista da terra - José Manuel Leonor Marques, que recentemente fez a sua última prova, e também presentear esta localidade com um Passeio de BTT, pretendendo assim dinamizar a actividade física e desportiva da freguesia, dando a conhecer os trilhos naturais da margem esquerda do Rio Tejo e da Lezíria Ribatejana. 

Representação a cargo de:
Pedro Silva - Rui Almeida - Ana Almeida
Uma excelente manhã para a prática desportiva, mas antes, concentrámos-nos na pastelaria "Zé Leitão" em Benfica do Ribatejo, para o café matinal, e conviver um pouco, pois o BTT não é só andar de Bike.

Secretariado, partida e banhos, como o pessoal gosta, tudo concentrado, num local espaçoso para o estacionamento.

O Secretariado estava bem organizado, com levantamento dos kits e dorsais rápido, sendo o levantamento dos nossos dorsais efectuada pelo Pedro. 
Local do Secretariado e banhos
O Passeio foi efectuado em grupo, pelos elementos da nossa equipa, que participámos nos 25 km, mas que efectivamente corresponderam a 36 km.

Um pouco exagerado para quem pretendia fazer 25 km, um detalhe que foi comunicado à organização para que num próximo evento possa ser corrigido.

O inicio do evento foi à hora prevista, sem atrasos.
Como é habitual nos BTTistas, sempre divertidos, concentrados 117 atletas junto à partida, aguardando a hora para pedalar.
Como já tinha sido anunciado pela Organização, 2 km após o inicio do passeio parámos junto ao Cemitério da localidade, para prestar Homenagem com 1 minuto de silencio em memória de José Manuel L. Marques, onde também se encontrava sua esposa/viúva e filho.

Paragem junto do cemitério.
Um trilho muito rolante, mas também com muita areia (felizmente estava molhada).
O camera onboard, desta vez foi o Pedro Silva, nomeado por unanimidade.
A nossa atleta feminina, Ana, novamente a pedalar após uma quebra de tensão, que obrigou-a a alguns minutos de pausa, para recuperação. 
Já na fase final, passagem por dentro dos zona de cultivo (tomate e vinha).
Apesar da areia, muito bom de pedalar com o Pedro na procura de uns cachos de uvas, mas tarde de mais, já tinha sido feita a apanha.
Chegada à meta da Ana, percorrendo 36 km em 02h03m06s, o mesmo tempo adquirido pela restante equipa.
Local do almoço, numa antiga adega, com toda a sua tradição.

EMENTA
Sopa de Pedra (excelente)
Grelhados, batata frita e salada
Sobremesa (talvez para a próxima)
Bebida (à descrição)
 

Pódio Feminino na distância dos 25 km (36 km).
Ana Almeida - 3.ª Classificada Feminina dos 25 km (Na Geral e por Escalão -Vet. Feminina).
 
Troféu e medalha atribuída a nossa atleta feminina, Ana (3.º Classificada).
Mais um momento de convívio deste grande trio de atletas, que desfrutam do BTT em toda a sua plenitude. 

CLASSIFICAÇÃO GERAL MASCULINA - 25 km (36km)

1.º Class. ------ Gonçalo Forte (dorsal 27) ---- MF Bike Team ------  1h 10m 45s  
2.º Class. ------ João Lopes (dorsal 105) ----- Águias de Alpiarça --- 1h 10m 46s
3.º Class. ------ Dário Pereira (dorsal 39) ---- individual ---------------  1h 10m 46s
48.ª Class. ---- Rui Almeida (dorsal 43)-- Zona 55/ O Praticante ----- 2h 03m 34s
49.º Class. ---- Pedro Silva (dorsal 59)-- Zona 55 / O Praticante ----- 2h 03m 37s

CLASSIFICAÇÃO GERAL FEMININA - 25 km (36km)

1.ª Class. -- Sílvia Rodrigues (dorsal 19) ---- Maus Caminhos Team --- 1h 43m 37s
2.ª Class. -- Cláudia Junho (dorsal 85) ----- Individual ----------------    1h 44m 51s
3.ª Class. -- Ana Almeida (dorsal 44) ------ Zona 55 / O Praticante --- 2h 03m 06s

CLASSIFICAÇÃO GERAL MASCULINA - 50 KM

1.º Class. ---- José Fernandes (dorsal 109) --- CCJM Nicolau ------- 1h 36m 36s
2.º Class. ---- Sérgio Filipe (dorsal 42) --- Águias de Alpiarça ------- 1h 36m 37s
3.º Class. ---- Mário Filipe (dorsal 41) --- Aguias de Alpiarça ------- 1h 36m 38s

CLASSIFICAÇÃO GERAL FEMININA - 50 km

1.ª Class. ---- Isabel Capucho (dorsal 77) --------------------------- individual

ÁLBUM FOTOGRÁFICO


VIDEO EM ELABORAÇÃO

TRACK
Track 25 km 

Um evento com alguns pontos a corrigir e a melhorar, mas no geral, uma Organização que merece os parabéns pela iniciativa.

Alguns pontos bons e outros menos bons a descrever:
  • Local e secretariado bem escolhido
  • Marcações estavam boas, uma ou outra a reforçar
  • Abastecimentos um pouco fracos
  • Horário de inicio cumprido, mas um pouco tarde para iniciar um evento de BTT
  • Banhos excelente
  • Alguma descoordenação, na chegada dos primeiros atletas (talvez a falta e experiência  e erro nos cálculos da sua chegada)
  • Almoço excelente - mas atrasou bastante
Parabéns e continuem na Organização destes e outros eventos.

Créditos à reportagem:
Texto: Rui Almeida (Zona 55)
Reportagem Fotográfica: Rui Almeida e Pedro Silva.
Filmagem: Pedro Silva.

Participação da equipa (Riachos)

Representação a cargo de:
José Santos (30km)


Passado um ano após a edição dos Trilhos do Paúl e de novo com bastante sucesso, pois pôde contar com a participação de um número razoável de atletas, uma vez que nos dias de hoje não é fácil organizar um evento deste tipo, mantendo ano após ano um número aceitável de participantes.

No que respeita à prova em si, que decorreu num belo dia com bastante sol, apesar de nos últimos dias haver chovido, a prova desenrolou-se dentro da normalidade à semelhança das edições anteriores, nas quais eu estive presente.

O Secretariado da prova situava-se junto da zona de banhos e onde seria servido o almoço (Escola Preparatória dos Riachos), tendo a entrega dos dorsais sido feita com bastante rapidez e eficiência. Além do dorsal e senha de refeição, fomos contemplados com um pequeno brinde em acrílico, alusivo à prova.   

A partida, à semelhança do ano anterior, partiu do centro da vila, tendo os atletas que se deslocar cerca de 1Km até à meta, que servia para fazer um pequeno aquecimento.

A prova iniciou-se à hora marcada após um pequeníssimo briefing, pouco elucidativo, “digamos“, mas não houve dúvidas.

Dada a partida e após cerca de 2 km em asfalto, entrámos no percurso em terra batida pela zona do Paúl do Boquilobo, ficando aqui uma pequena opinião construtiva, para futuros eventos: o percurso poder-se-ía desenrolar mais dentro da Reserva Natural (caso fosse possível, claro) para fazer mais jus ao nome, pois tornar-se-ía bastante agradável.
  
A prova dos 30 km, na qual participei,  estava bem marcada e percurso bem sinalizado, sem exageros, no meu ver não era difícil como se comentou, apenas havia um single track, situava-se  nas imediações da vila, não se tendo afastado muito daquela. O terreno era basicamente agrícola, vinha e  eucaliptal, com bastante pedra solta e alguma lama. O abastecimento tinha, a meu ver, o essencial: águas fruta e bolos.

Durante o percurso notava-se a existência de equipas de apoio, com motos, que felizmente não precisei!

No final da prova havia no local dos banhos (com água quente e bastante espaço) também possibilidade e condições para a lavagem de BTT's. No que diz respeito ao almoço não posso comentar pois não pude ficar, mas já ouvi comentários que apesar de estar bastante bom, faltava um doce para acompanhar. “Gulosos”!


001.º - 01:24:05 - Leandro Brito (G.C. Barquinhense)
002.º - 01:24:22 - José Silva (individual)
003.º - 01:28:57 - André Daniel (individual)
062.º - 02:03:00 - José Santos (Zona 55/O Praticante)
135.º - 03:34:31 - Último

Participar do rescaldo no Fórum BTT.

ÁLBUNS FOTOGRÁFICOS

Créditos à reportagem:
Texto: José Santos (Zona 55)
Fotos: 4U2D, Urbina Varela, José Santos (Zona 55).

Participação da equipa (Sertã)

Representação a cargo de:
Paula Vicente, João Santos, Filipe Rodrigues, Sérgio Vicente, João Valério, Nuno Santos.

Mais uma extraordinária presença do Clube de BTT Zona 55, a fazer-se notar desta vez por terras da bonita Vila de Sertã em mais uma edição da Rota do Vento, onde já não nos fazíamos representar desde 2009 e voltámos em força, com a maior representação de sempre.

Fomos conhecer a nova sede do Selinda BTT (grupo organizador deste evento) - e que sede! Muito bonita, quer exterior quer interiormente, com uma excelente localização. O secretariado esteve ali situado e, apesar da longa fila, bastaram poucos minutos para chegarmos junto da mesa e recolher os nossos kits de inscrição.


Devido ao elevado número de representantes que tivemos presente, desta vez levámos o nosso atrelado, onde tudo foi "certinho e direitinho", desde as bicicletas até aos sacos.

Quase nem tivemos tempo para o aquecimento, apesar de havermos chegado chegado cedo, mas quando levamos muito pessoal é sempre difícil coordenar tudo. 

Chegados à marginal da Sertã, deparámos-nos com a habitual azáfama deste evento: muitos camiões e autocarros parados ao longo da estrada onde se iam carregando as bicicletas e recolhendo os participantes. 

Foi tempo de carregar as nossas biclas para os camiões, operação que demorou pouco tempo, apesar do Sérgio haver tentado defraudar as nossas capacidades, ao não apertar devidamente os parafusos dos avanços e as chavetas das nossa bikes, o que fez com que tivéssemos à última da hora de fazer umas afinações.

Tempo ainda para irmos beber um café numa esplanada ali mesmo ao lado, na companhia do amigo de longa data, Hugo Moedas (Organização). 


Os lugares traseiros do autocarro n.º 2 ficou por nossa conta. 

A Sofia a não querer ficar de fora da reportagem. Partimos da Sertã em direção ao Picoto já passava das 10H00 da manhã, talvez um pouco atrasados, mas não tínhamos pressas, pois estavámos ali para desfrutar.

 Após uma viagem de autocarro de cerca de 30 minutos, muito agradável por sinal, onde tivemos oportunidade de apreciar as paisagens, este ano com menos medronhos do que o costume, finalmente chegámos ao destino.



Chegados ao Picoto esperava-nos de novo fila para aceitar as bicicletas que tiveram de ser descarregadas dos camiões.

A pouco e pouco os mais de 200 participantes lá se foram posicionando junto à linha de partida para desfrutar de um magnífico dia de sol com a característica brisa da serra. 


A partida para os 27km (quase) sempre a descer, foi dada pelas 11H00.

O nosso grupo saiu junto e manteve-se assim quase todo o percurso. 

A paisagem por estes lados é fabulosa e fica neste ainda mais bonita do que já é, com a enorme mancha colorida de tantos bêtetistas ali presentes.

O azar bateu à porta do Filipe, furando a roda traseira logo nos primeiros 5km do percurso.

Os  mais rápidos arrancaram a todo o gás pela inclinada e desafiante descida logo a partir da linha de meta, os restantes, com objectivos de ordem não classificativa, partiram com ritmos mais ponderados, arriscando menos a pele.


O início do percurso não teve grandes dificuldades, mas mais abaixo encontrámos algumas dificuldades técnicas, nada de mais, que obrigavam a alguns cuidados acrescidos face à velocidade a que se seguia e ao enorme pelotão. 

O João Santos, estreando-se este ano aqui em eventos btt organizados, tomou logo desde início a dianteira do grupo Zona 55.  


O percurso único de 27km, foi quase todo ele de bom piso, contendo somente 3 subidas dignas desse nome, porém curtas em extensão. 



Passámos pelo interior de diversas aldeias, quase sempre não se vendo ninguém a assistir ao espectáculo para dar uma força aos participantes. 

O percurso esteve muito bem desenhado, onde se revelou mestria desta Organização, que todos os anos se empenha em apresentar itinerários diferentes. As marcações estiveram irrepreensíveis.

Por vezes fomos brindados com alguns single track's

Uma das pontes construídas pela Organização, onde a Paula Vicente deu uma valente queda (sem gravidade) para a objectiva do fotógrafo bragantino Paulo Ministro, que registou o momento: aguardamos nos envie essas fotos para publicarmos.



Uma das zonas que "enganou" mais participantes, pois o vício da velocidade e descida levou muitos a seguirem em frente em vez de virarem à esquerda, apesar de haver boas marcações e esse erro levou a que não passassem junto à zona de abastecimento e apoio.

Mais uma ponte, esta já existente, num dos locais que considerámos dos mais bonitos. 


A Zona de Abastecimento esteve colocada ao km18, onde além de comida havia ainda apoio mecânico fornecido pela Loja e Oficina Manecas Bikes.



Uma Zona de Abastecimento muito bem composta, desde grelhados a vinho, não faltando os artigos habituais. 

Mais uma zona de espectáculo que nos levou a passar pelo interior de uma ribeira.




Uma outra zona cuja passagem foi ao encontro do desejo de muitos dos participantes: um single track construído/arranjado por entre uma zona de pinhal, bastante desafiadora e cheia de pica.


O João Santos a mostrar destreza fazendo-se à picada sem medos. 

Já o pai, o Nuno Santos, tomou um atalho para não ter de fazer o single de inclinação acentuada... espertalhão e batoteiro! Pudera, andava destreinado e conhece bem a zona.



O Filipe voltou a furar quando faltava apenas 1km para o final. 

 A ponte que nos levou à recta da meta.


O Nuno Santos, também a estrear-se este ano em eventos organizados, a suar as estopinhas. 

O almoço foi no afamado restaurante Ponte Velha, localizado junto à zona marginal de Sertã, que é desde sempre um dos chamariz deste original e divertido evento, onde se come muito bem e com qualidade. O ambiente no restaurante foi de festa, tanta que desta vez até nos esquecemos de tirar uma foto ao menu.

Para terminar uma foto com o amigo Miguel Gil (Selinda BTT). Não terminamos este rescaldo sem referir que este evento irá ter um artigo de rescaldo na próxima edição (n.º 53) da revista desportiva "O Praticante", a ser publicada em Dezembro próximo.

ÁLBUNS DE FOTOS




Track Rota do Vento | Descida do Picoto 2013

Participar do Rescaldo no Fórum BTT

CLASSIFICAÇÃO GERAL
001.º - 01:07:35 - Primeiro
002.º - 01:07:38 - Segundo
003.º - 01:10:30 - Terceiro
073.º - 01:51:31 - João Santos (Zona 55/O Praticante)
116.º - 02:15:44 - Nuno Santos (Zona 55/O Praticante)
135.º - 02:26:15 - Filipe Rodrigues (Zona 55/O Praticante)
136.º - 02:26:18 - João Valério (Zona 55/O Praticante)
178.º - 02:48:33 - Sérgio Vicente (Zona 55/O Praticante)
179.º - 02:48:36 - Paula Vicente (Zona 55/O Praticante)
208.º - 03:20:48 - Último

Créditos à reportagem
Texto: João Valério
Fotos: Zona 55, Paulo Costa, David Monteiro, Pedro Martins, Paulo Ministro.
Vídeo: Zona 55

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...